Loja virtual em tempos de pandemia: vale a pena investir?

Loja virtual em tempos de pandemia: vale a pena investir?

A grande dúvida em investir ou não num e-commerce é recorrente entre muitos lojistas que sabem o quão promissor é o comércio eletrônico, mas que ainda sentem alguma insegurança de investir e não alcançar o resultado esperado. E essa sensação só aumenta em um momento delicado, economicamente falando, como a situação que estamos vivendo nos últimos meses em relação a pandemia de Covid-19. Aqui nós vamos te explicar porque você não precisa ter medo de investir em uma loja virtual.

Mesmo com menos de três décadas, o e-commerce apresenta crescimento positivo e otimista todos os anos. Em 2019, a Black Friday alcançou um dos seus melhores desempenhos e ultrapassou datas como o Natal em quesito de crescimento. No início do ano, tínhamos grandes expectativas para o e-commerce em 2020 como você viu nesta publicação aqui. Porém, fomos pegos de surpresa com uma crise que ninguém esperava atingir as proporções que atingiu. Com esta expectativa quebrada, com o fechamento de lojas e trabalhos em home office, muitos negócios se viram preocupados em relação às vendas.

Aumento no volume de compras

Entretanto, de acordo com Dados do Compre&Confie, o e-commerce brasileiro faturou quase R$ 10 bilhões em abril, um aumento de 81% em relação ao mesmo período em 2019. Ou seja, mesmo em isolamento social (ou em função disso), os números do e-commerce brasileiro cresceram. Com isso tudo, várias companhias passaram por uma transformação digital. O Mercado Livre liberou um estudo feito no e-commerce da América Latina que apresentou um crescimento de 45% no número de compradores online. Não há dúvidas: este é o momento dos negócios online.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Varejo e Consumo (SBVC), 61% dos consumidores aumentaram seu volume de compra em até 50% em relação a períodos anteriores à quarentena. O destaque principal ficou para alimentos e bebidas. O que mais chama a atenção é que houve um aumento de 136% em compras de bebidas alcoólicas em comparação com o mesmo período do ano passado. 40% de novos usuários e somente 11% dos consumidores totais deixou de comprar em linha devido aos prazos de entrega.

Novas perspectivas

Todos esses números aliados ao aumento do uso de pagamentos online, faz com que o cenário das lojas virtuais pós pandemia se fortaleça. Isso porque as pessoas que encontravam algum tipo de empecilho ou insegurança com a compra online, pôde perceber que é mais simples do que se imaginava. Não é uma frase que gostamos de falar mas, sim, o isolamento social foi uma oportunidade para que mais pessoas pudessem encontrar, conhecer e se tornarem clientes das lojas virtuais.

Se você ainda tem alguma dúvida se deve ou não investir em uma loja virtual, a nossa dica é: comece o quanto antes, pois as oportunidades não param de surgir. Desde novos fornecedores e formas de entregas até resultados cada vez maiores para diversos segmentos. Que serão alcançados graças ao grande número de pessoas comprando virtualmente.

Como começar?

Para iniciar, amplie sua visão sobre a loja virtual: comece como uma boa plataforma. Que possa te ajudar nas vendas com os marketplaces e que tenha boas integrações com redes sociais. É importante que, caso você ainda não entenda muito sobre o assunto, veja conteúdos relacionados ao assunto. Você pode ter acesso a vários clicando neste link.

Sempre se lembre que: é necessário apostar na criatividade. Inovação engloba não só mundo das grandes empresas e da tecnologia, mas também a solução para problemas do dia-a-dia do cliente. De maneira inteligente e muitas vezes inusitada. Ninguém melhor que você para criar novas formas de comunicar sobre o seu produto.

Quer saber como você pode criar a sua loja de forma rápida e prática em poucos passos? É só assistir esse vídeo abaixo!

 

 

Compartilhar