Como compactar imagens PNG e JPG para a web

Como compactar imagens PNG e JPG para a web

Como compactar imagens PNG e JPG para a web

O processo de como compactar imagens PNG e JPG para a web se tornou bastante necessário, isso porque, o tempo de carregamento de uma página é um dos parâmetros para o ranqueamento no Google. Uma boa prática de SEO é ter todas as imagens de seu site otimizadas. Fizemos um vídeo para ensinar como compactar suas imagens sem perder qualidade.

 

Porque o tamanho de arquivo importa na web?

Olhe ao redor desta página, todos estes menus, cores, textos e imagens precisaram ser baixadas até seu computador ou dispositivo móvel para permitir que você as veja e interaja com elas. Quanto mais informações existirem ou maior o tamanho de arquivo destas, maior será o tempo necessário para que a página seja carregada.

Páginas que demoram muito tempo para carregar podem sofrer com uma taxa de rejeição muito alta. Essa taxa é um dos parâmetros de ranqueamento e se refere a pessoas que entraram em um site, mas, desistiram após um certo tempo de carregamento sem que informações fossem exibidas na tela. Se sua loja tiver uma alta rejeição, seu posicionamento nos resultados de pesquisa será prejudicado.

Afim de evitar essa rejeição, ao mesmo tempo em que garante uma navegação mais rápida, é necessário que suas imagens estejam o mais leve possível. Se seus clientes estiverem acessando sua loja pelo celular, entra, também, o fator da banda e a velocidade de internet móvel, podendo aumentar ainda mais o tempo de carregamento ou consumir o pacote de dados restantes de quem está acessando.

25% das pessoas que compraram digitalmente pela primeira vez no primeiro semestre de 2019, estavam acessando por dispositivos móveis.

Vamos focar nas imagens

As imagens estão entre os tipos de arquivos mais pesados que se pode ter em um site. E no contexto de uma loja virtual existem muitas delas e todas serão extremamente necessárias para que seu cliente possa ver como é cada produto antes da compra. Nossa plataforma já realiza por padrão uma compactação, mas o ideal é que todas essas imagens que serão colocadas em sua loja também tenham sido previamente compactadas. Isso porque, dessa maneira você garante arquivos com tamanhos ainda menores que conseguiria com apenas uma das etapas.

Entendendo as extensões de imagens

Png, Jpg, Jpeg, afinal de contas, o que esses nome significam?

  • .jpg: O mesmo que .jpeg. Normalmente é a extensão ideal para uso na web. Pois, já apresenta por padrão uma compactação. Isso não quer dizer, porém, que não precisem passar por uma nova compactação. O que ocorrerá é uma imagem com tamanho de arquivo ainda menor.
  • .png: Esta extensão de arquivo é recomendada para imagens que precisem se manter em alta qualidade, a extensão em si não apresenta nenhum tipo de compactação. Tornando ainda mais necessário que seu tamanho de arquivo seja diminuído antes de usá-la na web. Além disso, permite o uso de transparência. Esse tipo de arquivo apresenta tamanhos de arquivo muito grandes mesmo com compactação, deve ser usados apenas se extremamente necessários.

Saiba como compactar

Para compactar imagens PNG e JPG para a web existem diversos serviços de compactação, vamos focar aqui no serviço chamado Optimizilla.

Existem 2 principais tipos de compactação:

  • Lossless: Quem vem do inglês e se trata de uma compactação onde não ocorrerá perda de qualidade ou a perda será muito pequena.
  • Lossy: Também do inglês, se refere a uma compactação mais agressiva que consegue reduzir até 80% do tamanho de um arquivo, mas as custas de uma parte da qualidade.

É importante ressaltar que, a menos que você precise de extremos detalhes e aplique um zoom muito grande, boa parte dessas perdas serão imperceptíveis.

O controle na sua mão

A vantagem do Optimizilla é a existência de um seletor de qualidade, você poderá escolher o quanto de qualidade que será perdida.

Para cada imagem que será colocada, a ferramenta aplicará uma compactação padrão e surgirá um seletor de qualidade, te possibilitando chegar num meio termo onde qualidade e tamanho de arquivos sejam os ideais.

Para mais detalhes do processo, assista o vídeo acima.

Compartilhar